Divulgação

Pia Fraus Teatro


A história da companhia PiaFraus Teatro começou no ano de 1984, quando Beto Andretta e Beto Lima, fundadores do grupo, se conheceram na cidade de Belo Horizonte (MG), quando realizavam o projeto Criança Faz Arte, coordenado pela cantora mineira Doroty Marques.

O objetivo do grupo é a integrar a arte cênica do teatro de animação com outras linguagens, tais como o teatro, a dança, o teatro de máscaras, o teatro de bonecos, o circo e as artes plásticas.

Em 1986, após se desligarem de Doroty, Beto Andretta e Beto Lima, passam a assinar Beto e Beto e Cia, apresentando a peça O Vaqueiro e o Bicho Froxo por várias cidades do interior de São Paulo. A primeira temporada com o espetáculo na capital paulista, aconteceu no ano seguinte, 1987, no teatro Eugenio Kusnet.

Três anos depois, eles foram convidados para participar de um Festival Internacional na Índia (Nova Deli). Lá, conheceram outros grupos, e vêem diferentes técnicas de manipulação e trabalhos.

Ainda nos anos 90 surgiu uma das características do grupo: trabalhar em conjunto com outros artistas. Para cada montagem, era criada uma equipe especial. Assim trabalharam com os diretores Naum Alves de Souza, Hugo Possolo, Márcia Abujanra, Ione de Medeiros, Carla Candiotto, Francisco Medeiros e Oswaldo Gabrieli; com os coreógrafos Ricardo Iazzetta, Key Sawao, Ana Mondini, Adriana Grechi, Telma Bonavita; com os músicos Jether Garothi, Teo Ponciano Marco Boaventura, Gustavo Bernardo, Klecios Albuquerque, Manoel Pacífico e Doroty Marques; com os iluminadores Wagner Freire, Décio Filho, Guilherme Bonfante e David de Brito; e é claro,dezenas de atores, que continuam trabalhando com a companhia, mantendo em atividade seu repertório.

Entre 2000 e 2009 o grupo criou vários espetáculos, entre eles, Farsa Quixotesca, Bichos do Brasil e Hércules - em parceria com os Parlapatões. Também foi realizado o projeto Pano de Roda, uma parceria entre a Pia Fraus, Parlapatões e La Mínima, de 2002, um projeto itinerante que teve o patrocínio da Petrobrás.

Após ser contemplado com o Edital Funarte Myriam Muniz, em 2008, o grupo cria a peça As Aventuras de Bambolina, baseado no livro homônimo de Michele Iacocca. Na primeira temporada na cidade de São Paulo, o espetáculo recebeu 9 pré - indicações ao Prêmio Coca Cola Femsa de Teatro Infantil e recebeu o Prêmio APCA de melhor ator (Sidnei Caria).

Espetáculos:

1992 - Olho da Rua
1994 - Ópera Mundi
1996 - Flor de Obsessão
1996 - Sinfonia Circense
1997 - O Vaqueiro e o Bicho Frouxo
1997 - Éonoé, Uma Cosmogonia
1998 - Os Malefícios da Mariposa
1998 - Gigantes de Ar
1999 - Navegadores
2000 - Frankenstein
2000 - Farsa Quixotesca
2000 - Circo Geral
2001 - Bichos do Brasil
2002 - A Lenda do Guaraná
2002 - Histórias do Mar do Mundo
2003 - Olhos Vermelhos, Um Tributo à Antigona
2004 - Pia Fraus e Convidados
2004 - O Vaqueiro e o Bicho Frouxo
2004 - Bichos do Brasil
2004 - Gigantes do Ar
2006 - Hércules
2006 - 100 Shakespeare
2006 - Stapafurdyo
2009 - Bichos do Mundo
Click News

Assine nossa newsletter

Nome
E-Mail
Promoções

Séries de TV

De A a Z