Inverno da Luz Vermelha com Marjorie Estiano

Divulgação

‘São todos autores contemporâneos, e este é o único ponto em comum entre eles. O texto do ‘Rio Ota’ é baseado no poder da síntese. Lepage faz pouco uso das palavras para contar uma saga de cinco horas. Por isso mesmo ele está muito próximo do cinema. Em ‘Baque’, eu lidava com três monólogos confessionais, eram três contadores de histórias. Enquanto que em ‘Um Dia, No Verão’ me deparei com um texto exaustivamente repetitivo, já que nenhuma personagem ouvia o outro, enquanto tentava ser compreendido. Era uma peça sobre a incomunicabilidade. Agora não, tudo é muito realista, as pessoas falam o tempo todo, outras escutam, retrucam, discutem, brigam, brincam. O jogo é intenso, compara Monique
Últimos albuns
Comentar esta Galeria:
NomeComentário
Email 
   
Comentários
editor photo - email@gmail.com

gxGZge Thanks for the article.Much thanks again. Great.

fiverr cocoservice - email@gmail.com

GF1hWN There is obviously a bunch to identify about this. I believe you made some good points in features also.

bcJkIFJvxuYipfB - IHOUDfcPK

9k4Tz2

VjcSFVzFfODLoAhljs - IkBGMAJkDGEZ

YMsGAX

Click News

Assine nossa newsletter

Nome
E-Mail
Promoções

Séries de TV

De A a Z